terça-feira, 3 de março de 2015

Dimas quebra o silêncio e coloca nas ‘mãos’ de Edson o seu futuro político

Depois de meses de silêncio, o vice-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Dimas Dantas (PP) concedeu entrevista na manhã desta terça-feira (03) a Rádio Polo FM. Dimas falou inicialmente sobre a polêmica deflagrada a partir da publicação da Revista Capibaribe, onde em uma de suas reportagens, a publicação mostrou o que pode ser o fim de uma disputa judicial iniciada em 1997 e que envolve a doação de áreas públicas no fim do governo do ex-prefeito Aragãozinho, em 1996, para mais de 400 pessoas.

Para o vice-prefeito, a Lei está correta em sua essência, já que, para ele,  não teria sido elaborada para legalizar as doações, mas para regularizar outros casos vindos de outras gestões, priorizando pessoas carentes. “O espírito da Lei era: se o imóvel está construído, você vai derrubar a casa de uma pessoa porque ele está lá e construiu? Mesmo que de forma ilegal, mas construiu. O Poder Público foi omisso ao deixar ele construir, porque o Poder Público deveria embargar a obra na hora em que se começasse a cavar”.

Segundo Dimas, a maioria esmagadora dos políticos de Santa Cruz nunca pensou e nem pensa nessa questão. “Desde o governo de Padre Zuzinha existem pessoas que ocupam terrenos públicos em Santa Cruz que não são legalizados. É necessário que se busque uma maneira de legalizar esses terrenos”, disse ele, que seguiu, “tem muita gente que ganhou dinheiro demais negociando terrenos públicos, teve gente que enricou vendendo áreas públicas, algo que chega a ser vexatório”.

Audiência em Recife - Outro assunto abordado por Dimas na entrevista foi a audiência, ocorrida na ultima semana, em Recife, entre o prefeito de Santa Cruz, Edson Vieira (PSDB), o secretário de Defesa Social do Estado, Alessandro Carvalho e representantes de segmentos de classe da Capital das Confecções. “Meu amigo, quando falamos de segurança pública, o dever de casa tem que ser feito primeiro. Além disso, o prefeito agiu com acepção com as pessoas, pois um assunto como o que foi tratado na oportunidade, deveria ser discutido por todos”.

Futuro político – o vice-prefeito falou ainda do seu futuro politico, considerado uma incógnita por todos. “Eu me sinto responsável pela atual administração, pois participei de uma campanha e discursei em palanques. Se Edson não for um bom prefeito eu não continuarei na política, pois eu não sou homem de duas palavras”, falou.

Ele colocou nas ‘mãos’ de Edson a decisão de seguir ou não na política local. “Resta saber se Edson permitirá ou não que eu continue na política. Se ele for um bom prefeito, eu continuarei a militar na cena politica local, caso contrário, se ele for um péssimo prefeito, eu não terei cara de olhar na cara das pessoas de minha cidade”.

Críticas a Edson e Diogo – “Eles, o deputado e o prefeito, enganaram o pessoal de Santa Cruz com a duplicação da estrada (PE-160). Disseram que a estrada era uma conquista do prefeito e do deputado, quando na verdade a obra não existe. Vejo festas promovidas pelo prefeito e pelo deputado onde o povo vai até lá aplaudi-los e confesso que não entendo, como as pessoas enganadas e vão até lá aplaudir”.

Críticas a oposição – “A oposição precisa tomar uma posição. Se não houver pressão por parte da oposição essa estrada não sai nem tão cedo, pois o deputado não tem força de exigir que a obra seja retomada”, disse Dimas, que prometeu ainda visitar outros meios de comunicação, ao longo das próximas semanas, em uma demonstração clara de que resolveu quebrar definitivamente o silêncio.


Só dependo do Plenário

A Comissão de Finanças e Orçamento encerrou na manhã desta terça-feira (03) os trabalhos de análise, discussão e votação das contas do ex-prefeito Toinho do Pará (PHS) e do prefeito Edson Vieira (PSDB), referentes aos anos de 2010 e 2013, respectivamente.

As etapas foram concluídas com o relatório final do vereador relator Pipoca (PMN) onde seguiu as recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE) pela rejeição das contas do ex-gestor e aprovação do prefeito.

Na votação dentro da Comissão o presidente Junior Gomes (PSB) seguiu o relator nas contas de Toinho, enquanto o secretário Fernando Aragão (PROS), foi contrário ao recomendado pelo órgão. Para as contas de Edson Vieira, a comissão aprovou de forma unanime. 

Os documentos ficam a disposição do presidente da Câmara, Afrânio Marques (PDT), para que sejam votadas em Plenários nas próximas Reuniões Ordinárias, provavelmente, na próxima quinta-feira (05). 

Vereador solicita calçamento em São Domingos

Através de requerimentos enviados ao prefeito de Brejo da Madre de Deus, Dr. Edson de Souza (PTB), o vereador Josevaldo (PTB) solicitou na ultima sexta-feira (27), pavimentação e saneamento de três ruas no distrito de São Domingos.

Em sessão ordinária itinerante realizada no distrito, o vereador fez as cobranças exaltando os trabalhos realizados na área pela atual gestão, não apenas na localidade, mas em todo o município.  

“Estamos fazendo o nosso papel, tanto vereador de oposição quanto de situação deve cobrar, fiscalizar e exigir que as obras sejam realizadas. Peço que o prefeito veja com bons olhos esses pedidos, até por que Dr. Edson é o prefeito que mais calçou ruas em São Domingos, com o conhecimento desta Casa e da população do distrito”, falou. 

Secretário de Educação fala sobre retirada de telhas da quadra Poliesportiva da Escola João Maia Neto

O Secretário de Educação de Santa Cruz do Capibaribe, Joselito Pedro falou sobre a retirada das telhas da quadra da Escola Municipal João Maia Neto. De acordo com Joselito Pedro, a retirada das atelhas aconteceu para atender recomendações do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação.

“Infelizmente a empresa responsável pela construção da quadra da Escola João Maia não atentou para a exigência do (FNDE) no tocante a telhados, as que estavam não eram adequadas, por isso foram retiradas. Notificamos a empresa responsável por elas, brevemente virá a Santa Cruz para buscar suas telhas”, disse Joselito Pedro Secretário de Educação. 

Joselito também destacou que já existe uma nova empresa dando continuidade a construção da quadra da Escola João Maia. “A nova empresa já se encontra trabalhando na quadra, está fazendo análise técnica de toda estrutura da obra, em seguida irá recomeçar a construção”.  

A primeira etapa do recomeço do trabalho na quadra da Escola João Maia será a cobertura do telhado, em seguida a obra seguirá o projeto de construção.


Melhor não...
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), recuou da decisão de permitir que mulheres ou maridos de parlamentares viajem de suas cidades para Brasília com passagens aéreas pagas com recursos públicos. 

Cunha disse que vai propor nesta terça-feira(3) aos integrantes da Mesa Diretora da Câmara um recuo em relação à decisão de conceder passagens para cônjuges de parlamentares. Ele reconheceu que a repercussão não foi positiva. “Se não foi positiva, por que manter?”, indagou o presidente da Casa.

segunda-feira, 2 de março de 2015

Os dias passam e futuro Taboquinha segue indefinido

Fevereiro passou, Março chegou e nada do ex-deputado José Augusto Maia (PROS) sentar à mesa e se reunir com o grupo Taboquinha, para enfim, iniciar as conversas em torno da composição da chapa oposicionista para a próxima eleição municipal.

Tido como maior líder do grupo, Zé Augusto prometeu para o período pós carnaval o início das discussões, só que até agora, nada aconteceu.

Ele tem demonstrado total insatisfação com o projeto político do vereador Fernando Aragão (PROS), que tem levado a frente a pré-candidatura a prefeito em 2016, com o apoio de figuras como, Carlinhos da COHAB (PSL) e Ernesto Maia (PSL).

Para muitos a demora em se definir algo em relação ao futuro dos Taboquinhas não é nenhuma novidade, visto que na última eleição municipal, em 2012, apenas no prazo limite, 29 de junho, a chapa dos ‘vermelhos’ foi definida, há época encabeçada pelo próprio Zé Augusto tendo como vice o então vereador Dr. Nanau.

Vale a pena ver de novo? – Zé Augusto jura de pés juntos que não permitirá que em 2016 a ‘Novela Taboquinha’ se repita. Fontes dão conta que ele quer resolver o problema o quanto antes. O ‘nó’, entretanto, está na busca por um nome de consenso, já que ao passo em que Zé não quer ouvir falar na tal candidatura de Fernando, os vereadores de oposição não recuam na vontade de apoiarem Fernando.

O novo – O ex-deputado evita colocar seu nome a disposição para a disputa pela prefeitura e ao mesmo tempo lança a ideia de um novo nome, de preferência, consensual. Para ele, seria a alternativa para sessar os conflitos internos e ao mesmo tempo, oxigenar a cena política local. Nomes como, George Monteiro, Flávio Pontes e Tallys Maia já foram sondados, mas todos negam tal possibilidade.

‘Tô nem aí’ – Em meio a tudo isso, o ex-prefeito Toinho do Pará (PHS) optou por sumir e não se pronunciar sobre o futuro do seu grupo. À pessoas mais próximas, Toinho teria revelado que não sonha mais em ser candidato a prefeito, e tampouco apoiaria Fernando ou qualquer outro vereador Taboquinha.  Ele não ainda não engoliu a negativa de apoio a sua candidatura a deputado estadual em 2014. Seria essa a vingança de Toinho, que apesar de ter deixado a prefeitura em meio a uma grande crise de impopularidade, conseguiu mostrar em 2014, por ‘A+B’ que continua fortíssimo nas urnas. 


Balanço da Operação Carnaval na Moda 2015 é divulgado

Na última sexta-feira (27), o secretário executivo de Defesa Social Coronel Donizetti Rodrigues, o Comandante da Guarda Municipal Edgar Martins e o Capitão Sena, membros da coordenação da Operação Carnaval 2015, divulgaram o balanço da ação de segurança do período. 

A operação integrada da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Defesa Social e Mobilidade Urbana e Guarda Municipal, Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros foi considerada exitosa e durante os dias 13 e 18 de fevereiro, não contou com nenhum registro de homicídio, ocorrências nos focos de animação e retiros religiosos, bem como, registro oficial de arrombamento à residência, tendo registrado apenas a apreensão de oito veículos.

De acordo com o secretário executivo de Segurança Coronel Donizetti Rodrigues, foi realizado um esquema de policiamento preventivo nos retiros e na zona rural sincronizado entre a Guarda Municipal e a Polícia Militar no qual havia rodízios de viaturas nesses locais para garantir que fosse preservada a segurança. 

“Sem dúvidas o sucesso dessa operação foi a integração das Polícias Civil e Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros e Prefeitura Municipal que ofereceu todo o suporte com rádios comunicadores, sistema de vídeo monitoramento e alimentação para todas as equipes envolvidas na operação que almejou levar toda a segurança para o município de Santa Cruz do Capibaribe”, relatou Capitão Sena.


Guilherme Uchoa assume governo do Estado

Em razão de viagens ao exterior do governador Paulo Câmara (PSB) e do vice Raul Henry (PMDB), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Guilherme Uchoa (PDT), vai assumir o Governo do Estado na próxima quarta-feira, dia 4.

O governador viaja amanhã para o México a fim de receber um prêmio concedido ao Governo de Pernambuco pelo lançamento do programa “Mãe Coruja”, de apoio às gestantes, lançado no governo de Eduardo Campos. E o vice viajará para os Estados Unidos. 

Como o segundo na linha sucessória, Guilherme Uchoa ficará à frente do Governo até o próximo sábado. E como fez em ocasiões anteriores, em que substituiu Eduardo Campos, deve oferecer um jantar aos deputados estaduais na quinta ou na sexta-feira.