terça-feira, 16 de setembro de 2014

Assembleia de Deus colhe assinaturas para criar partido

A Assembleia de Deus, igreja da presidenciável Marina Silva (PSB), está recolhendo assinaturas para a criação de um partido político. O nome da nova legenda é mantido em segredo pela Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGAB), que representa a igreja em todo o território nacional – a mais antiga denominação evangélica no Brasil, fundada no país em 1910.

A intenção, segundo o presidente do conselho político da igreja, pastor Lélis Marinhos, é reunir em uma só legenda todos os políticos assembleianos. Ele disse não ter noção do número de eleitos que são da igreja, mas afirmou que apenas no estado de São Paulo a igreja tem cerca de 100 vereadores. Na Câmara dos Deputados, são atualmente 26 deputados federais, entre eles pastor Marco Feliciano (PSC-SP), e a expectativa é, nesta disputa, ampliar a bancada.

Com informações do jornal 'O Estado de Minas'
Reeleição é "a mãe de todas as corrupções", diz Barbosa

Na primeira palestra após ter se aposentado, o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, fez duras críticas à reeleição para cargos executivos no Brasil.

"A possibilidade real de mudança periódica dos agentes políticos, como voto universal e livre, é um elemento essencial de frenagem e de calibração democrática, mas essa possibilidade real de mudança periódica fica prejudicada quando se tem o instituto da reeleição para os cargos executivos", disse Barbosa.

Sem citar casos concretos, Barbosa afirmou que é necessário acabar com a reeleição, tratada por ele como a "mãe de todas as corrupções" nos países em que as instituições ainda não estão consolidadas.

"Ressalto veementemente que estou falando em termos puramente hipotéticos, sem nenhuma relação a qualquer caso concreto da atualidade", afirmou Barbosa, que foi o relator do caso do mensalão no STF.
Debate Católico reúne oito candidatos à Presidência

Oito candidatos à Presidência da República participam, hoje, do debate promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no Santuário Nacional de Aparecida. A sabatina terá início às 21h30 e será a segunda vez que a entidade reúne os presidenciáveis para um debate – a primeira ocorreu nas eleições de 2010. O objetivo, segundo a Igreja, é auxiliar o eleitor a escolher seu voto.

Segundo a CNBB, os oito candidatos convidados confirmaram presença: Aécio Neves (PSDB), Dilma Rousseff (PT), Eduardo Jorge (PV), Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PSDC), Luciana Genro (PSOL), Marina Silva (PSB) e pastor Everaldo (PSC). O critério para o convite aos candidatos foi a representação na Câmara dos Deputados.

O programa será mediado pelo jornalista Rodolpho Gamberini e transmitido por emissoras, rádios e portais católicos no país. O debate terá cerca de duas horas de duração e será dividido em cinco blocos.

Na abertura, o arcebispo de Aparecida e presidente da CNBB, Dom Raymundo Damasceno, fará uma pergunta única, elaborada pela entidade, para todos os candidatos.

A sabatina do Santuário será acompanhada por uma plateia composta por 300 pessoas, entre convidados da CNBB e dos partidos políticos.

Com informações do Blog do Magno

Câmara de Santa Cruz realizará audiência pública para discutir LDO 2015
O vereador Afrânio Marques (PDT) falou na manhã desta terça-feira (16) na Sessão Ordinária sobre uma audiência pública, que ocorrerá nesta quarta-feira (17), na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, onde será discutida a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2015.

Segundo Afrânio que é presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos da Casa, o evento aberto ao público, ocorrerá a partir das 10hs e contará com a presença de vários segmentos da sociedade.

O legislador disse ainda que integrantes do governo municipal, segmentos de classe, vereadores e principalmente a população devem participar do evento. 

segunda-feira, 15 de setembro de 2014







Pesquisa IPESPE - Armando e Paulo Câmara rigorosamente empatados

De acordo com o novo levantamento do instituto IPESPE, para a corrida eleitoral no Estado, tanto o candidato do PSB, Paulo Câmara, quanto o candidato do PTB, Armando Monteiro Neto, têm 33% das intenções de votos na pesquisa estimulada, na qual os nomes dos concorrentes são apresentados para o entrevistado.

Os outros candidatos não chegaram a pontuar 1%; a soma dos eleitores que pretendem votar nulo, branco ou em nenhuma das opções disponíveis ficou em 9% e os indecisos representam 24% - percentual considerado baixo por especialistas. Para essa pesquisa foram entrevistadas 2 mil pessoas entre os dias 9 e 11 de setembro. Os resultados têm margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.


“A soma dos eleitores de Paulo Câmara e Armando revelam uma forte polarização. Caso algum desses candidatos consiga livrar uma pequena diferença para o outro poderá decidir a eleição no primeiro turno”, diz Adriano Cerqueira, cientista político, professor do Departamento de Gestão Pública da Universidade Federal de Ouro Preto e analista de pesquisa dos Diários Associados. 
De novo? Oposição perde tempo para a Frente

O candidato governista Paulo Câmara (PSB) terá direito de resposta dentro do tempo de guia do seu principal adversário, Armando Monteiro Neto (PTB). A decisão do desembargador auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), Marcelo Navarro, foi publicada ontem, às 15h, e se refere à ação impetrada pela Frente Popular sobre a veiculação da propaganda do petebista, cujo conteúdo insinuava que Câmara teria favorecido a empresa Bandeirantes Pneus, suposta dona do avião que era usado pelo ex-governador Eduardo Campos em sua campanha presidencial. A equipe de Paulo Câmara tem, a partir da decisão, um prazo de 36 horas para entregar o material com a resposta.

O socialista já tinha obtido uma primeira vitória judicial, na última quarta-feira, quando Navarro, que é o relator da representação, concedeu uma liminar suspendendo a propaganda, que já tinha sido veiculada, na terça-feira à noite, no horário dos candidatos a deputado federal, e na própria quarta-feira, à tarde, no guia de governador. Com a liminar, o programa de Armando Neto foi cortado no horário da noite, porque não houve tempo para a substituição do material, fazendo com que ele perdesse pouco mais de um minuto do seu tempo de televisão.

Como a propaganda negativa passou duas vezes, a resposta também deverá ser veiculada em dois dias, uma no horário dos deputados federais e outra no do próprio Armando, nos mesmos horários em que foi veiculada a mensagem em questão. Em cada um dos dias, a resposta de Câmara vai tomar cerca de um minuto e 24 segundos do tempo de guia da coligação adversária. De acordo com o coordenador jurídico da campanha socialista, o advogado Carlos Neves Filho, a previsão é de que o material vá ao ar amanhã à noite e na quarta à tarde. “A decisão de Marcelo Navarro só vem comprovar que nós estávamos certos, que a propaganda era caluniosa e que as informações que estavam sendo divulgadas no guia de Armando eram falsas”, defendeu.

Com informações da Folha de Pernambuco


5% separam João Paulo (PT) e Fernando Bezerra (PSB) na corrida para o Senado



O ex-prefeito do Recife e candidato do PT, João Paulo lidera a pesquisa do Ipespe, divulgada nessa segunda-feira (15),  para o senado em Pernambuco, com 30% das intenções de votos. O candidato do PSB, Fernando Bezerra Coelho, está em segundo lugar com 25% na estimulada. O percentual que os separa é maior que a margem de erro da pesquisa, de 2,2 pontos podendo variar para cima ou para baixo. “Mas para esse cargo ainda há um percentual significativo de eleitores que ainda não escolheram um candidato”, pondera o cientista político Adriano Cerqueira debulhando os números.


A situação de João Paulo é mais confortável se usarmos como referência as intenções de votos válidos da estimulada. Nos válidos, João Paulo fica com 53%, contra 44% de Fernando Bezerra. Para o cálculo dos válidos, usa-se as citações a nomes de candidatos e se ignora nulos, brancos e indecisos. Na espontânea, João Paulo tem 16% e Fernando 13%. Nesse caso, os indecisos chegam a 60%. A pesquisa espontânea exige que o eleitor lembre sozinho de cabeça os seus candidatos. 

João Paulo vence na Região Metropolitana do Recife (com 38% contra 23%) e Fernando Bezerra ganha no São Francisco (45% contra 24%). Nas demais regiões ocorrem empates entre eles.


“Vamos continuar avançando, nosso time tem ideias e propostas". Com essa frase Paulo Câmara deu o tom nos discursos no maior comício de uma campanha para governador da história de Santa Cruz do Capibaribe




Avanço foi a palavra principal dos oradores da noite no comício do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) no largo da rodoviária e que contou com as participações de Fernando Bezerra Coelho(PSB), Bruno Araújo (PSDB), dos prefeitos Edson Vieira (PSDB de Santa Cruz do Capibaribe), Joãozinho Tenório (PSDB de São Joaquim do Monte), Evilásio Araújo (PSB de Taquaritinga do Norte), ex-deputados, lideranças e vereadores das cidades da região que apoiam a reeleição de Diogo Moraes também marcaram presença reforçando o palanque do socialista. 
Em sua fala, candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho, homenageou Eduardo Campos que foi um dos principais governadores para os pernambucanos. 
“Eduardo foi o maior líder da história de Pernambuco, ele se lançou numa jornada que nós iremos concluir por ele. Vamos completar a tarefa que ele nos deixou com uma bela vitória nas eleições”, disse Fernando que ainda ressaltou que Paulo foi escolhido por Eduardo porque é um homem sério e dedicado com o poder público, quando Secretário da Fazenda reduziu impostos e liberou recursos como os 15 milhões que foram utilizados em Santa Cruz para a construção do Calçadão que irá possibilitar que mais de 4 mil famílias possam vender suas confecções com dignidade.

Edson Vieira, prefeito que conta com 80% de aprovação, lembrou da “chance” que foi dada a ele nas eleições de 2012 e pediu para que o povo renovasse a oportunidade concedida aos seus candidatos. 
“Nosso Governador Eduardo junto com Paulo Câmara, foram os responsáveis pela liberação dos recursos para a maior obra de nossa cidade que é o Calçadão. Enquanto isso a nossa oposição critica, e quanto mais falam, mais continuamos o nosso trabalho pelo povo. É por isso que peço a toda Santa Cruz que vote fechado para que os avanços possam continuar”. 
Ainda seguindo a linha dos avanços conseguidos com a parceria Governo do Estado e Prefeitura de Santa Cruz, o deputado estadual Diogo Moraes ressaltou os mais de 150 milhões em recursos investidos no município em ações que beneficiam a cidade e toda a região e emocionado agradeceu ao carinho que vem recebendo da população. “Eduardo sempre dizia que nunca devemos falar mal de ninguém, temos que defender os interesses do povo, e é isso que venho fazendo na Assembleia e é por isso que tenho a honra de dizer que faço parte desse time unido. Eduardo nos momentos mais difíceis do Polo vestiu a nossa camisa, trouxe o Calçadão e a duplicação, por isso estou feliz e fico bem à vontade para dizer que esse comício marca a virada Paulo que irá continuar os avanços de Eduardo”, disse Diogo. 
Encerrando os discursos do evento que contou também com a presença de João Campos, filho de Eduardo e Renata Campos, o candidato a Governador, Paulo Câmara, que se mostrou impressionado com a quantidade de pessoas nas ruas reforçou o discurso de avanço. 
“Eduardo confiou em Edson, porque ele é um grande gestor, tenham certeza que as parcerias irão ser ampliadas. Vamos continuar avançando em todas as áreas em especial na saúde e educação, pois são fundamentais para o desenvolvimento do cidadão e essa chapa é a que pode levar Santa Cruz e Pernambuco a avançar cada vez mais. Vamos continuar avançando, nosso time tem ideias e propostas, e a prova disso é que já passamos nossos adversários nas pesquisas”, finalizou. 
Em seguida todos saíram em passeata pelas ruas da cidade encerrando a movimentação no comitê do deputado Diogo Moraes, que no início de sua campanha foi inaugurado com a presença de toda a chapa majoritária.

domingo, 14 de setembro de 2014

Acidente com família de José Augusto Maia termina com uma adolescente morta

Um grave acidente aconteceu na noite deste sábado (13) na rodovia PE-90, que liga a cidade de Toritama ao município de Vertentes. Na ocasião envolveram-se dois veículos, uma Nissan Frontier de cor preta e placas PEN-1414 e um Fiat Fiorino de cor branca e placas PFB-7091. 

Segundo informações, a caminhonete Frontier era conduzida por um homem identificado pelo nome de Marcelo e ocupada pelo deputado federal José Augusto Maia, pela esposa do político, Jailda Maia, Raquel Hana Maia, de 10 anos (filha do deputado), Debora Cumarú Chagas, de 23 anos e o blogueiro Jairo Gomes de Araújo, de 53 anos. Já o Fiorino era ocupado por Ailton José de Santana e Stefane Evelin da Silva, de 16 anos de idade.
Carro onde estava a vítima fatal

Carro pertencente a José Augusto Maia
O fato ocorreu próximo ao loteamento Morada Nova zona rural de Vertentes, quando segundo o motorista do deputado federal, a caminhonete seguia com destino a Toritama e a Fiorino no destino contrário. Foi quando, segundo o relato, o motorista da Fiorino invadiu a contramão e rodou na pista de rolamento, sendo atingido fortemente pela Frontier.

Stefane Evelin da Silva - vítima fatal
O motorista da caminhonete disse que ainda tentou frear o veículo, mas não obteve êxito de evitar a colisão. Pelo menos cinco das pessoas envolvidas no acidente foram socorridas para hospitais da região, sendo que, Stefane não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo. Ela residia no Povoado de Livramento na zona rural de Vertentes.

O deputado federal José Augusto Maia voltava de um jantar político no município de João Alfredo. Apesar da gravidade do acidente ele não teve nenhum ferimento e esteve no Hospital acompanhando todo o andamento dos socorros.

Com informações e imagens do Blog Agreste Notícias
Exclusivo - Filhos de Eduardo Campos participarão do ‘Comício da Virada’em Santa Cruz do Capibaribe

Os filhos do ex-governador Eduardo Campos, João e Pedro Campos, participarão na noite deste domingo (14) do ‘Comício da Virada’ em Santa Cruz do Capibaribe. O evento da Frente Popular de Pernambuco já contaria com a participação do candidato ao governo, o socialista Paulo Câmara, do vice, Raul Henry (PMDB) e do candidato ao senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

“Hoje com muita alegria além da presença do nosso futuro governador Paulo Câmara e toda chapa majoritária, vamos contar também com a presença os filhos do nosso eterno governador e amigo Eduardo Campos João e Pedro. Eles darão mais brilho ao nosso Comício da Virada”, disse Oseas Moraes, pai do candidato Diogo Moraes (PSB) e um dos coordenadores das candidaturas da Frente Popular em Santa Cruz do Capibaribe.

O comício terá início por volta das 19 hs no Largo do Mercado de Farinha.

sábado, 13 de setembro de 2014

Ficha suja: três candidatos a governador barrados

A um dia do fim do prazo para substituição de candidatos nas chapas nestas eleições, três postulantes a governador renunciaram às candidaturas: José Roberto Arruda (PR), no Distrito Federal; José Riva (PSD), candidato ao governo de Mato Grosso; e Neudo Campos (PP), candidato a governador em Roraima. Os três tiveram os registros barrados pela Lei da Ficha Limpa.

Arruda deve ser substituído pelo vice na chapa, Jofran Frejat (PR). A mulher do ex-governador, Flávia Peres (PR), foi escolhida a nova vice. A decisão deve ser comunicada nesta tarde.

Barrados - José Roberto Arruda foi condenado pelo Tribunal de Justiça do DF por improbidade administrativa no dia 9 de julho, em segunda instância, pelo suposto envolvimento no esquema de corrupção conhecido por mensalão do DEM.

Em Mato Grosso, José Riva teve a candidatura indeferida por ter sido condenado por improbidade administrativa. A decisão foi mantida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite de quinta-feira (11). Nesta sexta, foi anunciada a substituição pela ex-secretária de Cultura de Mato Grosso Janete Riva, mulher de Riva.

Janete Riva também já chegou a ser presa. por crimes ambientais na região de floresta amazônica em Mato Grosso

Em Roraima, Neudo Campos também foi substituído pela mulher, Suely Campos, mas ele ainda aguarda recurso no TSE que deve ser julgado na segunda (15). Paulo César Quartiero (DEM) continua como vice na chapa. Campos foi condenado poro crime contra a administração pública pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região e teve as contas de seu governo rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Com informações do G1